Neurologia
Neurologia

Você sabe qual a relação da desidratação com a cefaléia?

Logo Medclub
Equipe medclub
Publicado em
13/3/2023
 · 
Atualizado em
7/5/2023
Índice

Artigo de revisão muito elucidativo publicado na revista Current Pain and Headache Reports abordou a relação da dor nas cefaleias primária e secundária com a desidratação. A 3ª edição do Comitê Internacional das Cefaleias não define um tipo específico associado à desidratação, entretanto, essa pode resultar em uma cefaleia secundária, sendo classificada como “cefaleia atribuída a transtorno da homeostase”. 

Para mais, a fisiopatologia por trás desse fenômeno ainda não foi completamente elucidada, todavia, sugere-se que, de acordo com a teoria de Monro-Kellie, o déficit de água no corpo poderia provocar um estiramento nos vasos venosos durais e, dessa forma, a desidratação poderia cursar com a cefaleia.

A resposta a estímulos dolorosos é maior em indivíduos desidratados

Ao avaliar a relação da dor com a desidratação, os autores citam um estudo intervencionista em que foram comparadas a resposta à dor em indivíduos hidratados versus desidratados, submergindo um de seus membros em água gelada. Concluiu-se que houve a presença de uma resposta exagerada ao estímulo doloroso nos indivíduos desidratados, em comparação ao outro grupo.

Além disso, nesta mesma pesquisa, ao submeter esses indivíduos para análise por ressonância magnética funcional, observou-se aumento da atividade nervosa central nos centros de dor, bem como redução do limiar da dor

Cefaleia primária

Ao avaliar a associação da cefaleia primária com a desidratação, os autores falam sobre um estudo transversal que avaliou a relação da ingesta de água em 256 mulheres e sua relação com a enxaqueca. Ele concluiu que a ingestão de aproximadamente 2 litros de água por dia apresentaram redução da severidade, duração e frequência dos episódios de cefaleia, quando comparadas às mulheres que beberam menos água.

Cefaleias secundárias

Além disso, no que tange às cefaleias secundárias, os autores citam a relação da hidratação com a cefaleia pós-punção liquórica. Em estudo paralelo prospectivo, um grupo de pacientes foi instruído a realizar hidratação de 1.5 litros nas 24 horas antes da realização da punção liquórica diagnóstica. O artigo concluiu que a cefaleia acometeu 37.3% dos pacientes no grupo controle, e 15.4% dos pacientes que realizaram a hidratação antes do procedimento. 

Dessa forma, especula-se que o aumento da pressão intracraniana, como resultado da hidratação, atuou como efeito protetor da cefaleia pós-punção. Por fim, os autores afirmam que o tratamento para a cefaléia por desidratação consiste na reinserção de fluidos. Entretanto, não é recomendada a reposição de fluidos por via intravenosa nos departamentos de emergência para os pacientes com enxaqueca. 

Contudo, a prescrição de antieméticos pode ser útil para esses indivíduos. E mais, a pessoas com enxaqueca pode se beneficiar da ingestão diária adequada de fluidos (≥ 2 litros/dia), em conjunto com outras medidas de modificação do estilo de vida como a regularização do sono e a redução do estresse, na melhora das crises de enxaqueca.

Continue aprendendo:

FONTE:

Arca, Karissa N, and Rashmi B Halker Singh. “Dehydration and Headache.” Current pain and headache reports vol. 25,8 56. 15 Jul. 2021, doi:10.1007/s11916-021-00966-z

Assine o medclub e tenha acesso a um mundo de informações médicas

Aproveite por 30 dias gratuitamente e após esse período pague apenas R$29,90 por mês.

Artigo escrito por

Comece agora e tenha acesso a um mundo de informações médicas

Aproveite por 30 dias gratuitamente e após esse período pague apenas R$29,90 por mês.

Dúvidas?

O que é o MedClub?

O medclub é uma plataforma 100% online e responsiva focada no desenvolvimento e capacitação profissional dos médicos. Com videoaulas e materiais de apoio de alta qualidade, o médico é alavancado em uma dinâmica simples, clara e objetiva de atualização e aprimoramento dos conhecimentos essenciais à sua prática.

Como o MedClub pode me beneficiar?

O Medclub te proporciona a aplicabilidade prática da Medicina Baseada em Evidências, elevando o padrão da sua prática médica. Tudo isso em um só lugar, sem perda de tempo, com informações claras e fáceis de achar no dia a dia.

O MedClub beneficia médicos de diferentes níveis de experiência?

Sim! O MedClub foi cuidadosamente concebido e desenvolvido com o objetivo de simplificar o estudo e a atualização médica, proporcionando maior segurança nas práticas e procedimentos. Nossa plataforma visa melhorar os resultados diários dos médicos, abordando as principais preocupações independentemente do estágio de sua carreira.

Existe um prazo de garantia?

Com certeza! No MedClub, estamos comprometidos com você. Por isso, disponibilizamos 30 dias corridos gratuitos antes de qualquer pagamento ser debitado em sua conta, garantindo que sua assinatura entre em vigor apenas quando você estiver pronto.

Como faço para cancelar minha assinatura?

Ao iniciar sua assinatura no MedClub, você terá a flexibilidade de cancelá-la a qualquer momento diretamente na plataforma, podendo também cancelar entrando em contato com nossa equipe de suporte ou enviando um e-mail para contato@med.club.

Nós utilizamos cookies. Ao navegar no site estará consentindo a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies.