Psiquiatria

Prevenção de suicídio em pacientes com depressão e ansiedade

Logo Medclub
Equipe med.club
9/1/2023
Compartilhe este artigo

Dados epidemiológicos sugerem que de 59% a 87% das vítimas de suicídio sofreram de transtorno depressivo maior, e 15% dos pacientes com depressão, eventualmente, cometem suicídio. Fatores de risco importantes para o suicídio são: sexo masculino, tentativa prévia, desordens mentais e fatores estressores sociais. Um indivíduo com ansiedade e depressão conjuntas possui um risco muito maior de suicídio do que alguém que tenha apenas uma dessas condições. As motivações para tal ato ainda são obscuras, mas estão relacionadas com a baixa atividade de serotonina cerebral e ativação do gene triptofano hidroxilase. 

A maioria das vítimas de suicídio procuram ajuda profissional antes de tentarem cometer o ato, no entanto a maioria não é diagnosticada - particularmente do sexo masculino - ou o tratamento que recebeu foi inadequado. Logo, na promoção de prevenção ao suicídio é importante que profissionais de saúde, psiquiatras ou não, melhorem suas técnicas em reconhecer e tratar depressão e ansiedade. O uso apropriado de antidepressivos é eficiente e reduz a morbidade e mortalidade por suicídio.

Continue Aprendendo:

FONTE:

Prediction and prevention of suicide in patients with unipolar depression and anxiety. Gonda, X., Fountoulakis, K., Kaprinis, G. et al. Prediction and prevention of suicide in patients with unipolar depression and anxiety. Ann Gen Psychiatry 7 (Suppl 1), S323 (2008).

Compartilhe este artigo