Pediatria
Pediatria

Rinite Alérgica em Crianças Asmáticas: diagnóstico e manejo

Logo Medclub
Equipe medclub
Publicado em
26/4/2023
 · 
Atualizado em
7/5/2023
Índice

O artigo de revisão do Journal of Asthma and Allergy fala sobre o diagnóstico, assim como o manejo da rinite alérgica no paciente previamente asmático. A princípio é definido como rinite aquele conjunto de sintomas como: obstrução nasal, rinorreia, espirros e prurido, os quais advém da mucosa nasal inflamada e disfuncional. Após essa definição, para classificá-la é sabido que é preciso haver  uma reação inflamatória IgE mediada que reage aos aeroalérgenos (ácaro, mofos, pólen, partes de insetos, pelo de animais). 

Durante a revisão do artigo ainda foi observado que 30% dos pacientes que apresentam rinite alérgica desenvolveram asma, no entanto, 80% daqueles com asma não controlada apresentaram rinite alérgica. Diante desses dados, foi classificada uma “nova” doença, a qual englobaria as vias aéreas superiores e as inferiores quando ocasionadas pelo mesmo panorama imunológico, que no caso apresentado são as IgE 's. 

Doenças das vias aéreas unidas

Com isso, a teoria das “Doença das Vias Aéreas Unidas” ganha mais força com o passar dos estudos, por apontar correlação direta entre as condições mediadas por IgE. A história clínica (noites mal dormidas, atividades diárias e qualidade de vida prejudicadas) e os antecedentes familiares são essenciais para o diagnóstico

Somando-se a eles podem ser realizados o “skin prick test”, expondo o paciente a diversos aeroalérgenos para saber quais são sensíveis. Ou ainda,  pode ser realizada a dosagem de IgE sérica específica, utilizada mais frequentemente nos mais jovens, como lactentes.

Manejo da rinite alérgica

Por fim, o manejo da rinite alérgica em pacientes asmático é semelhante àquele do paciente não asmático. Sendo assim, as recomendações para a limpeza do ambiente, assim como descarte de cortinas e tapetes serão necessárias para o controle ambiental, que é a principal e mais importante medida contra a rinite alérgica

Associado a isso, para sair da crise podemos utilizar os anti-histamínicos (loratadina, ebastina, desloratadina), de preferência de segunda geração, por não terem penetração intensa no sistema nervoso central, ocasionando sono. Esse tratamento, unido ao início do corticóide tópico ou inalatório fazem parte do tratamento da crise na criança. 

Ela deve ser revista dentro de 3 meses para avaliar se há curva de melhora ou não. Além disso, quando há presença de bastante inflamação sistêmica, pode-se lançar mão do corticoide via oral por um curto espaço de tempo (5 dias). Os descongestionantes são recomendados no artigo, e solicita-se não prescrever por mais de 10 dias. Vale salientar que, a prevalência da alergia é de 8,5% em pacientes com idade entre 6-7 anos e 14,5% em pacientes com idade entre 13-14 anos, mostrando que há aumento dos casos de rinite alérgica com o aumento da idade.

Continue aprendendo:

Assine o medclub e tenha acesso a um mundo de informações médicas

Aproveite por 30 dias gratuitamente e após esse período pague apenas R$29,90 por mês.

Artigo escrito por

Comece agora e tenha acesso a um mundo de informações médicas

Aproveite por 30 dias gratuitamente e após esse período pague apenas R$29,90 por mês.

Dúvidas?

O que é o MedClub?

O medclub é uma plataforma 100% online e responsiva focada no desenvolvimento e capacitação profissional dos médicos. Com videoaulas e materiais de apoio de alta qualidade, o médico é alavancado em uma dinâmica simples, clara e objetiva de atualização e aprimoramento dos conhecimentos essenciais à sua prática.

Como o MedClub pode me beneficiar?

O Medclub te proporciona a aplicabilidade prática da Medicina Baseada em Evidências, elevando o padrão da sua prática médica. Tudo isso em um só lugar, sem perda de tempo, com informações claras e fáceis de achar no dia a dia.

O MedClub beneficia médicos de diferentes níveis de experiência?

Sim! O MedClub foi cuidadosamente concebido e desenvolvido com o objetivo de simplificar o estudo e a atualização médica, proporcionando maior segurança nas práticas e procedimentos. Nossa plataforma visa melhorar os resultados diários dos médicos, abordando as principais preocupações independentemente do estágio de sua carreira.

Existe um prazo de garantia?

Com certeza! No MedClub, estamos comprometidos com você. Por isso, disponibilizamos 30 dias corridos gratuitos antes de qualquer pagamento ser debitado em sua conta, garantindo que sua assinatura entre em vigor apenas quando você estiver pronto.

Como faço para cancelar minha assinatura?

Ao iniciar sua assinatura no MedClub, você terá a flexibilidade de cancelá-la a qualquer momento diretamente na plataforma, podendo também cancelar entrando em contato com nossa equipe de suporte ou enviando um e-mail para contato@med.club.

Nós utilizamos cookies. Ao navegar no site estará consentindo a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies.