Hematologia
Hematologia

Anemia de doença crônica: subtipos, diagnóstico diferencial e como tratar

Logo Medclub
Equipe medclub
Publicado em
30/6/2023
 · 
Atualizado em
30/6/2023
Índice

A anemia é uma condição caracterizada pela redução dos níveis de hemoglobina e glóbulos vermelhos ou da capacidade de transporte de oxigênio no sangue. Uma forma específica de anemia é a anemia de doença crônica, que ocorre como resultado de uma doença subjacente de longa duração.

É o tipo mais comum entre pacientes hospitalizados. Na maioria dos casos é de grau leve, com poucas repercussões. No entanto, algumas doenças de base tendem a gerar uma anemia grave (doença renal), havendo necessidade de terapia mais direta para aumentar a produção de glóbulos vermelhos.

O que é Anemia de Doença Crônica?

A anemia de doença crônica (ADC) é uma condição na qual ocorre uma diminuição dos níveis de hemoglobina no sangue como resultado de uma doença crônica subjacente, como doenças inflamatórias (autoimunes, oncológicas ou infecciosas), doença renal crônica ou devido a estados hipometabólicos.

Apesar de ter sintomas semelhantes (fadiga, fraqueza, palidez, falta de fôlego), a ADC difere de outros tipos de anemias, como a anemia ferropriva, pois não é causada por uma deficiência nutricional, destruição celular ou pela diminuição da produção de glóbulos vermelhos na medula óssea. 

Para você ficar sabendo todos os detalhes temos uma aula exclusiva que trata desse assunto, confira no nosso streaming de atualização médica. O Medclub Prime tem um preço que cabe no seu bolso e vai te manter atualizado, o que é muito importante para o seu dia-a-dia

Subtipos da Anemia de Doença Crônica

Anemia de Inflamação

A anemia de inflamação ocorre como resultado de doenças inflamatórias crônicas, como artrite reumatoide, doença inflamatória intestinal, infecções e câncer. 

A fisiopatologia envolve a liberação de citocinas inflamatórias que inibem a produção de eritropoietina, um hormônio responsável pela produção de glóbulos vermelhos. Além disso, pelo aumento da hepicidina, estados inflamatórios diminuem a absorção intestinal de ferro, pois há um acúmulo dele na forma de ferritina, apesar de o ferro circulante estar pouco disponível para hematopoiese. 

O diagnóstico é feito através de exames laboratoriais, que podem revelar uma diminuição nos níveis de hemoglobina, redução do ferro sérico e valores normais de ferritina, além de alterações nos marcadores inflamatórios.

Anemia de Doença Renal Crônica 

A fisiopatologia dessa anemia de doença crônica envolve a diminuição da produção de eritropoetina pelos rins, pela redução de funcionalidade deste órgão. O diagnóstico é feito por exames laboratoriais, que podem mostrar níveis reduzidos de hemoglobina e função renal comprometida.

Anemia nos Estados Hipometabólicos

Doenças como hipotireoidismo, insuficiência adrenal e hepática, podem levar à anemia. A fisiopatologia envolve um estado hipometabólico que necessita de menos oxigênio, levando consequentemente a uma menor produção de eritropoietina. O diagnóstico é feito por meio de exames laboratoriais, que identificam baixos níveis de hemoglobina e alterações hormonais.

Anemia no Idoso 

A anemia no idoso é uma condição comum em pessoas de idade avançada, afetando entre 11-40% dos indivíduos desse grupo. A fisiopatologia geralmente é multifatorial, podendo envolver deficiências nutricionais ou doenças subjacentes, porém em 1/3 dos casos a etiologia não é definida.

Exames Ferropriva Inflamação Doença renal Estados hipometabólicos
Anemia Leve a grave Leve Leve a grave Leve
VCM 60-90 80-90 90 90
Morfologia Normo-microcítica Normocítica Normocítica Normocítica
Ferro sérico <30 <50 Normal Normal
TIBIC >360 <300 Normal Normal
Saturação <10 10-20 Normal Normal
Ferritina <15 30-200 115-150 Normal
Diagnóstico diferencial das anemias hipoproliferativas. Fonte: tabela adaptada do Manual de Medicina Harrison 20ª edição; Medclub / Beatriz Lages Zolin

Tratamento

O tratamento da anemia de doença crônica está diretamente relacionado ao tratamento da doença subjacente. É importante identificar e tratar a doença base para melhorar os níveis de hemoglobina e aliviar os sintomas. Ademais, é fundamental adotar medidas para melhorar a saúde geral, como uma alimentação balanceada e suplementação nutricional, se necessário.

A administração de eritropoietina exógena pode ser necessária quando a Hb for menor que 10g/dL. Está indicada para pacientes com artrite reumatoide, doença inflamatória intestinal, hepatite C, insuficiência renal, uso de zidovudina no HIV ou em tratamento de quimioterapia para neoplasias. O objetivo dessa terapia não é normalizar a Hb (10 -12 já é suficiente), é aliviar os sintomas e melhorar a qualidade de vida do paciente.

Se você quiser saber mais sobre este assunto acesse o nosso streaming de atualização médica, para assistir de onde e quando quiser. Sabe aquela dúvida que aparece no meio do plantão!? Os conteúdos atualizados do Medclub prime podem te ajudar a obter ainda mais êxito na sua prática médica

Conclusão

A anemia de doença crônica é uma condição comum que ocorre em pacientes com doenças crônicas subjacentes. O diagnóstico é feito através de exames laboratoriais que identificam alterações nos níveis de hemoglobina e outros marcadores sanguíneos. O tratamento envolve o controle da doença subjacente e, em alguns casos, o uso de medicamentos para estimular a produção de glóbulos vermelhos. 

Continue aprendendo:

FONTE:

  • Manual de Medicina Harrison 20ª edição

Assine o medclub e tenha acesso a um mundo de informações médicas

Aproveite por 30 dias gratuitamente e após esse período pague apenas R$29,90 por mês.

Artigo escrito por

Comece agora e tenha acesso a um mundo de informações médicas

Aproveite por 30 dias gratuitamente e após esse período pague apenas R$29,90 por mês.

Dúvidas?

O que é o MedClub?

O medclub é uma plataforma 100% online e responsiva focada no desenvolvimento e capacitação profissional dos médicos. Com videoaulas e materiais de apoio de alta qualidade, o médico é alavancado em uma dinâmica simples, clara e objetiva de atualização e aprimoramento dos conhecimentos essenciais à sua prática.

Como o MedClub pode me beneficiar?

O Medclub te proporciona a aplicabilidade prática da Medicina Baseada em Evidências, elevando o padrão da sua prática médica. Tudo isso em um só lugar, sem perda de tempo, com informações claras e fáceis de achar no dia a dia.

O MedClub beneficia médicos de diferentes níveis de experiência?

Sim! O MedClub foi cuidadosamente concebido e desenvolvido com o objetivo de simplificar o estudo e a atualização médica, proporcionando maior segurança nas práticas e procedimentos. Nossa plataforma visa melhorar os resultados diários dos médicos, abordando as principais preocupações independentemente do estágio de sua carreira.

Existe um prazo de garantia?

Com certeza! No MedClub, estamos comprometidos com você. Por isso, disponibilizamos 30 dias corridos gratuitos antes de qualquer pagamento ser debitado em sua conta, garantindo que sua assinatura entre em vigor apenas quando você estiver pronto.

Como faço para cancelar minha assinatura?

Ao iniciar sua assinatura no MedClub, você terá a flexibilidade de cancelá-la a qualquer momento diretamente na plataforma, podendo também cancelar entrando em contato com nossa equipe de suporte ou enviando um e-mail para contato@med.club.

Nós utilizamos cookies. Ao navegar no site estará consentindo a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies.